C.Vale

Notícias

23/05/2012 | Leite na receita contra clima ruim

Família Mattiuzzi investiu na atividade depois de perder safra

“É preciso investir no planejamento para não sacrificar os resultados.” A frase usada no meio empresarial também é seguida à risca pelo associado da C.Vale, Inácio Matiuzzi, que  resolveu encarar um novo desafio, há quatro anos, e hoje colhe resultados positivos. Com os pés no chão e convicto de que não poderia ficar apenas com a produção de soja e milho, ele vendeu a propriedade que tinha em Palotina e investiu em 27 alqueires no distrito de São José, município de Terra Roxa.
Mattiuzzi queria inovar e deixar para trás as dificuldades enfrentadas nos momentos de frustração de safra. Da área total, 23 alqueires foram destinados à produção de grãos e outros quatro à atividade leiteira. O rebanho de 14 vacas foi o que salvou a família no primeiro ano na nova propriedade, em 2008. “Foi um ano muito difícil, perdi praticamente toda a minha produção na safrinha e na safra de verão. Foi o leite que garantiu a renda naquele ano”, lembra o produtor.
Diante dos resultados obtidos, Mattiuzzi resolveu investir ainda mais na atividade. Hoje são 90 animais, sendo 25 vacas em lactação. A renda mensal livre obtida com bovinocultura de leite é de R$ 5 mil. “Por aí já dá para se ter uma ideia. Quando iria conseguir esse retorno com quatro alqueires de soja e milho? Cheguei aqui só com um trator 1985 e hoje já tenho várias máquinas que estou conseguindo pagar exclusivamente com o dinheiro do leite.”
Os planos de Mattiuzzi são ousados. A meta do produtor é chegar a um plantel de 100 vacas de leite com boa genética. Para isso, conta como apoio da esposa Neuza, dos dois filhos e com a assistência técnica da C.Vale.
O planejamento da propriedade foi até tema do trabalho de conclusão de curso de Tiago, o filho mais velho. “No trabalho fiz todos os levantamentos de custos e resultados. Ficou comprovado que vale a pena investir no leite. Temos mais seis anos para cumprir nossa meta”, afirmou o jovem bacharel em administração, que pretende permanecer no campo e dar continuidade ao trabalho dos pais ao lado de Marcos Vinícius, o irmão caçula.
“Para diversificar a pessoa tem que ter amor pelo que faz e investir em tecnologia. Só assim é possível minimizar os reflexos das adversidades climáticas nas safras de grãos”, resume Inácio Mattiuzzi.

Inácio, o pai, começou atividade e Tiago vai permanecer no campo para continuar atividade leiteira

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br