C.Vale

Notícias

03/10/2018 | MILHO SAFRINHA: Bom rendimento apesar da estiagem

Produtora de Maripá (PR) conseguiu média de 115 sacas/hectare

Rendimento da lavoura agradou associada Martha Janson

A associada Martha Janson concluiu, na primeira quinzena de agosto, a colheita dos 94 hectares de milho em Maripá (PR). O rendimento médio de 115 sacas/hectare foi 10% superior ao da safrinha de 2017. A lavoura foi implantada entre 14 e 24 de fevereiro e passou 40 dias sem chuvas em junho e julho. Mesmo assim, o resultado superou as 104 sacas/hectare do ano passado.

O agrônomo Douglas Raiter atribui o bom desempenho ao manejo do solo. Toda a área já foi escarificada e recebeu correção pela terceira vez com base em dados coletados pelo serviço de agricultura de precisão da C.Vale. O uso de 268 quilos de fertilizantes por hectare também ajudou bastante, explica Reiter. O plano de Martha Janson é aproveitar a valorização do milho em plena colheita para comercializar a produção de imediato. No primeiro semestre deste ano, ela recebeu R$ 34,50 por saca através de um contrato de comercialização firmado no ano passado com a C.Vale.

Morando em Vila Candeia, distrito de Maripá, desde 1966, Martha cedeu a parte mais baixa da propriedade para que o sobrinho Dirceu André se dedicasse à piscicultura pelo sistema de integração da C.Vale. Ele veio de Minas Gerais com a esposa Mariana e a filha Isabela para criar tilápias em 2,7 hectares de lâmina d’água, com peixes, assistência e ração fornecidos pela cooperativa. O primeiro lote enfrentou contratempos, mas os resultados melhoraram bastante no segundo e deixaram rentabilidade de 60%. O plano de Dirceu é produzir 108 toneladas de tilápia por lote. "Desde o começo a gente tinha a visão de que seria lucrativo", conta o produtor.

Martha e o sobrinho Dirceu André: produção de tilápias para incrementar renda

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br