C.Vale

Notícias

07/05/2015 | Diversificação: Investimento em tecnologia gera alta produtividade

No início, anos 1970, a criação de peixes era uma atividade que atendia apenas a necessidade de consumo da família Beck e uma ou outra pescaria com os amigos. Quase quatro décadas depois, Ricardo decidiu transformar o açude construído pelo pai com finalidade de lazer em fonte de renda. Aproveitou a parte mais baixa da propriedade de 33 alqueires em Alto Santa Fé, município de Nova Santa Rosa (oeste PR) para construir 12 tanques para criação comercial de tilápias, a partir de 2010. No ano seguinte, passou a entregar os peixes a uma empresa paulista fornecedora de uma rede nacional de supermercados. Ricardo e a esposa Ivete, que atualmente é a responsável pelo negócio, resolveram apostar em tecnologia para fazer a atividade apresentar alto rendimento. Passaram a utilizar genética de ponta e a usar probióticos para melhorar a conversão alimentar. Orientados pela C.Vale, adotaram outras medidas de manejo como o uso de produtos para redução de amônia e o controle de parasitas e bactérias. Os primeiros resultados apareceram em 2014, quando produziram 320 toneladas de peixes com peso médio de 900 gramas, o que dá 5,34 quilos por metro quadrado. "É uma atividade de que eu gosto muito", empolga-se Ivete.

Ao receber a reportagem da revista C.Vale em uma tarde ainda bastante quente de final de verão, o casal mostrava-se animado com o anúncio da construção do frigorífico de peixes pela cooperativa. "Vai ser muito bom. A C.Vale é mais segurança ‘prá’ gente", confia Ricardo, que emprega um funcionário fixo para tratar os peixes.

Ricardo começou o cultivo comercial de tilápias em 2010 e aguarda construção do frigorífico de peixes da C.Vale

FUTURO

O investimento em piscicultura já se reflete no faturamento da propriedade onde Ricardo comanda o cultivo de soja e milho. O segmento peixe representa entre 30 e 40% da renda da família, composta, ainda, pelo filho Henrique, um auxiliar muito participativo das atividades que envolvem grãos e peixes. Campeão paranaense de karatê, o jovem de 13 anos é o orgulho do pai, também amante do esporte. Ricardo admite que o investimento em piscicultura foi pensado levando em conta a permanência do filho na propriedade. Enquanto esse futuro se aproxima, pai e filho aplicam um ipon, o golpe perfeito, nos filés de tilápia preparados por Ivete para as refeições da família.

RAIO X FAMÍLIA BECK

Integrantes: Ricardo, Ivete e Henrique

Propriedade: 33 alqueires

Local: Nova Santa Rosa

Lâmina d’água: 60 mil metros quadrados

Produção por ciclo: 320 toneladas de peixes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br