C.Vale

Notícias

13/03/15 | Roseli Wochner: Uma mulher de muitos talentos

Os Wochner: Simone (nora), Maurício (filho), o casal Roseli e Milton, Vanda (filha), Otávio (neto) e Alexandre (genro). 

Criatividade é a marca de Roseli Wochner. O seu talento tem sido impresso em tudo que se propõe a fazer. A sobra do churrasco de domingo vira escondidinho de mandioca na segunda-feira. O papelão se transforma em silhueta de vaquinhas e galinhas para cenário teatral. Sua história de vida e das colegas dos núcleos femininos do qual faz parte, serviu de inspiração para o roteiro da peça teatral que resgatou a história dos 50 anos da C.Vale. Paralelamente aos afazeres domésticos, que não são poucos, ela ainda canta, dança, pinta e borda nas horas vagas.
“Gosto de inventar, de transformar. Sou contra o desperdício, em especial de comida. É tanto trabalho para produzir e depois de pronto jogar fora? Não pode! Aqui nada se perde, tudo se transforma”, brinca. 
Moradores, há 32 anos, de Alto Santa Fé, interior de Nova Santa Rosa (PR), Roseli e o marido Milton se dedicam à criação de suínos desde 1991. A mudança de terminadores para iniciadores de suínos da C.Vale/Frimesa veio com o incentivo do filho Maurício, formado em Zootecnia e Veterinária. Hoje, a propriedade faz jus ao nome de “Granja Modelo”. Nos cinco hectares de área, a família tem um plantel de 850 matrizes que produzem, com alto padrão genético, 2.100 leitões por mês. A gestão da atividade é toda informatizada e o desenvolvimento dos animais é acompanhado por 10 funcionários em baias adequadas para gestação, maternidade, creche, central de coleta de sêmen e fábrica de rações. De olho no futuro, os Wochner estão construindo mais uma granja com capacidade para mais 500 matrizes. “A suinocultura representa mais de 95% de nossa renda. Os cursos e o acompanhamento técnico da C.Vale e da Frimesa têm nos profissionalizados dia a dia”, diz dona Roseli.
Inquieta, anuncia que o seu próximo desafio é aprender inglês e viajar para os Estados Unidos. “O meu sonho é conhecer a agropecuária americana”, revela. Enquanto isso não acontece, Roseli está sempre de malas prontas para visitar a filha Vanda, o genro Alexandre e o netinho Otávio, em São Paulo. E quando recebe a visita deles, não pensa duas vezes num prato para agradar a todos: costelinhas suínas ao forno. “Direto da granja para o forno. Não tem erro”, garante.  


Costelinha suína ao forno

Roseli Wochner: “Direto da granja para o forno. Não tem erro”.

Ingredientes
2,5 kg de costelinha suína
2 limões
2 xícaras de farinha de mandioca branca
50 g de queijo parmesão ralado
1/2  xícara de gergelim branco
2 dentes de alho grandes
Sal a gosto

Modo de preparo
Corte as costelinhas uma a uma. Tempere com sal e o suco dos limões. Em um recipiente, misture a farinha de mandioca, o queijo parmesão, o gergelim e o alho. Empane as costelinhas e coloque numa assadeira com a pele para cima. Asse em forno a 200 ºC por 30 minutos, depois aumente para 250ºC e deixe por mais 30 minutos ou até dourar.

Dica
Prefira costelinhas com pele e defumadas. Rale o alho. Coloque duas xícaras de água na assadeira ao invés de óleo.

Rendimento
Seis porções

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br