C.Vale

Notícias

30/12/2014 | Mãos que fazem o próprio destino

Plano de Modernização da C.Vale completa 20 anos marcado pelo trabalho em equipe

Com Lang à frente, C.Vale cresceu e gerou benefícios sociais e econômicos

De uma sala no segundo andar de um prédio, um homem percorre com o olhar o horizonte de terras roxas onduladas enquanto o pensamento vai formulando soluções para tirar uma cooperativa das dificuldades financeiras. O ano de 1990 se aproximava do final quando Alfredo Lang recebeu o desafio de elaborar uma estratégia para fazer a então Coopervale recuperar a confiança dos associados. Cinco anos depois, aos 46 anos, ele assumia a presidência da cooperativa e começava a implantar um Plano de Modernização. No maior desafio de sua vida, enxugou o quadro de funcionários, estabeleceu a política do VV (Vai e Volta) para o crédito aos produtores e deu início a um ambicioso projeto de agroindustrialização. Rodou o mundo para conhecer a avicultura e, mesmo enfrentando a descrença de muitos associados, implantou, em 1997, um sistema de integração avícola utilizando dois conceitos inovadores no Brasil até então: a produção comercial de frangos e o rateio do ICMS entre os municípios envolvidos na atividade.
Lang sabia que para a cooperativa sobreviver em meio a gigantes do agronegócio era preciso crescer. Conduziu a ampliação da área de atuação no Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Paraguai. Em consequência o número de associados e os volumes de produção apresentaram forte crescimento.
Ao mesmo tempo em que expandiu a área de ação, Alfredo Lang, deu sequência à estratégia de diversificação de atividades, apostando na industrialização de mandioca e incentivou a suinocultura e a produção de leite. A mudança no perfil de negócios da cooperativa levou à mudança do nome para C.Vale Cooperativa Agroindustrial.
Em 20 anos, o faturamento da cooperativa multiplicou-se por 36, mais de 5.600 postos de trabalho foram abertos, os associados ganharam novas fontes de renda e as indústrias passaram a responder por mais de um quinto das receitas da C.Vale.

OS TRÊS PILARES DO SUCESSO
“Baseamos nosso trabalho em três pilares: planejamento, visão estratégica e inovação. Exploramos aquilo que tínhamos de melhor, as matérias-primas, para agregar valor à produção, gerando renda e empregos. Fizemos isso utilizando tecnologias inovadoras para ganharmos competitividade. Não esperamos por governos nem por ninguém. Tomamos o destino em nossas mãos. Foi assim que a C.Vale passou de cooperativa regional para empresa de atuação global”, resume o dirigente.

 

NÚMEROS DA C.VALE

Faturamento
1994 – RS 128 milhões
2014 – R$ 4,5 bilhões

Associados
1994 – 6.101
2014 – 15.544

Unidades de negócio
1994 – 20
2014 – 112

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br