C.Vale

Notícias

01/07/2014 | El Niño vai reduzir frio e aumentar chuvas

Fenômeno já começa a influenciar o clima no Brasil

O El Niño vai influenciar o clima no Brasil já no início do segundo semestre. O fenômeno está começando com forte intensidade na parte leste do Oceano Pacífico, onde a temperatura das águas estava 1,5 ºC acima do normal em maio. Essa condição aliada ao aquecimento das águas do Oceano Atlântico, no litoral sul do Brasil, vai limitar as quedas de temperatura durante o inverno. O diretor-técnico da Somar Meteorologia, Márcio Custódio, diz que o El Niño será intenso apenas no início de sua instalação e que o fenômeno não vai se prolongar muito. O aquecimento das águas do Pacífico se daria primeiro pelo leste e depois pela região central, mas não ao mesmo tempo, condição que os meteorologistas chamam de El Niño Modoki. Dessa forma, o fenômeno resultaria em aumento das chuvas durante a primavera, inclusive com risco de danos ao trigo na época da colheita, principalmente no Rio Grande do Sul. Entretanto, no verão a configuração Modoki do El Niño pode resultar na irregularidade das chuvas no Sul. As lavouras do Centro-Oeste do Brasil não seriam afetadas e o regime de chuvas ficaria dentro da normalidade na safra 2014/15. Luiz Renato Lazinski, do Inmet, discorda. “O El Niño, quando vem, fica de quatro a seis meses e isso significa toda a safra de verão com chuvas (no Sul)”, interpreta.

El Niño; risco ao trigo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br