C.Vale

Notícias

23/12/2013 | Cooperativas do estado faturam R$ 43 bilhões em 2013

O cooperativismo paranaense deve encerrar 2013 com movimentação econômica recorde superior a R$ 43 bilhões, 12% a mais em relação ao ano passado, um resultado histórico para o setor. “As cooperativas do Paraná vem exercendo um papel fantástico, com crescimento médio anual de 12% nos últimos 10 anos, beneficiando mais de um milhão de cooperados", afirmou o presidente do Sistema Ocepar, João Paulo Koslovski, no Encontro Estadual de Cooperativistas Paranaenses, dia 6 de dezembro, em Curitiba. O evento reuniu mais de 1.500 pessoas e foi prestigiado por autoridades, como o governador Beto Richa, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o secretário nacional de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Valter Bianchini, os secretários estaduais paranaenses Norberto Ortigara (Agricultura), Reinhold Stephanes (Casa Civil), e Fernanda Richa (Família e Desenvolvimento Social). Também compareceram o presidente do BRDE), Jorge Gomes Rosa Filho, o vice-presidente de Agronegócio do Banco do Brasil, Osmar Dias, e o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas.
Koslovski lembrou que o setor recolhe mais de R$ 1,7 bilhão em tributos, permitindo a dinamização de toda economia. No Paraná, as 230 cooperativas vinculadas ao Sistema Ocepar geram 1,6 milhão de postos de trabalho. Em relação aos investimentos, serão aplicados, no período 2013/14, R$ 2,1 bilhões, principalmente em infraestrutura e agroindustrialização. O valor é duas vezes maior que o destinado no ano anterior.
Formação
Com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/PR), as cooperativas também têm ampliado as ações voltadas à formação e profissionalização de cooperados, colaboradores, dirigentes e familiares. "Estamos concluindo o ano com 5.600 eventos realizado para mais de 160 mil pessoas que integram as cooperativas. Sabemos que investir nas pessoas está em nosso DNA e nos princípios do cooperativismo. E isto está fazendo a diferença", frisou.

Desafios
Apesar do cooperativismo paranaense estar crescendo acima do PIB brasileiro, estimado pelo governo federal em 2,2% para 2013, Koslovski disse que o setor está preocupado com as deficiências existentes no Paraná e no Brasil em relação à infraestrutura, que demandam altos investimentos em portos, ferrovias, ferrovias e estradas rurais. Ele disse ainda que o custo com o pedágio também tem penalizado a competividade do setor produtivo, que aguarda ainda uma solução urgente para questões angustiantes, como a reforma tributária e melhoria na área de logística.

Koslovski destacou investimentos das cooperativas na agroindustrialização

Lideranças da C.Vale participaram do encontro

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br