C.Vale

Notícias

07/05/2013 | Proteção até debaixo d’água

C.Vale comercializa vacina contra doenças que afetam peixes

Piscicultores associados da C.Vale do Oeste do Paraná começaram a usar uma vacina que reduz a mortalidade dos peixes por doenças. A imunização teve início em Palotina, na propriedade de Ari Sgarbi. De acordo com João Felipe Sant’Anna, coordenador de território da empresa MSD animal, a vacina comercializada nas farmácias veterinárias da C.Vale protege o peixe contra uma bactéria que afeta o sistema nervoso do animal e que causa feridas nas escamas, úlceras e lesões na musculatura. “A Estreptococos, bactéria que acomete as tilápias, pode causar perdas superiores a 30% do lote” pontuou Sant’Anna.
As vacinas são aplicadas nos alevinos quando eles têm entre 60 e 70 dias e cerca de 30 gramas. A intenção é que o peixe identifique a bactéria quando a doença atacar e o próprio sistema imunológico do animal crie os mecanismos de defesa. A vacina aplicada é uma prática mundial, a exemplo do Chile e Noruega, que vacinam 100% do salmão produzido.
De acordo com o gerente do Departamento Veterinário da C.Vale, Rafael Weiss, a vacinação é uma forma eficaz de prevenção de surtos de doenças, de maneira que os impactos econômicos sejam reduzidos. “A vacinação de peixes no Brasil é uma tecnologia que vem ganhando espaço com a expansão da produção comercial de peixes, através do incremento de tecnologias que visam melhores práticas produtivas. Medidas preventivas garantem melhor resposta econômica na produção animal”, destacou Weiss.

Vacinas são aplicadas quando peixes têm entre 60 e 70 dias de vida

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br